Energia Solar: Quanto Vou Gastar?

Energia_solar

Muitos ainda acreditam que é muito caro, complicado ou inviável adquirir o sistema de energia solar no Brasil. Entretanto, na realidade, esse tipo de tecnologia nunca esteve tão acessível e barato como neste ano. 

Greener é uma empresa que atua nas áreas de pesquisa e consultoria. Seu trabalho é de assessorar investidores e empreendedores no cerne temático referente à transição de energia, energia solar fotovoltaica etc. A questão importante a ressaltarmos aqui são os dados mais recentes trazidos pela empresa decorrentes de um estudo realizado no decorrer dos últimos anos.

De acordo com os dados apresentados em janeiro deste ano, o cliente final, ou seja, o consumidor está pagando uma média de 9,3% mais barato nos valores da tecnologia. A empresa apresenta quedas subsequentes nos preços desse mercado há anos.

Outro fator que possibilita realizar essa aquisição, são as possibilidades de financiar a energia solar. Tanto os bancos privados quanto os públicos contam com mais de 70 linhas de crédito para esse fim.

Cada projeto é único, pois há vários fatores a serem levados em consideração, por exemplo, a média do consumo energético mensal da residência. Por isso não há uma resposta única quando alguém quer saber o preço necessário para instalar energia solar. Cada projeto será avaliado de acordo com as dimensões exclusivas e suficientes a fim de atender à demanda de cada cliente.

Apontamos alguns dos fatores que influenciam no orçamento para que tenhamos uma ideia dos aspectos variantes de preço. Vamos entender um pouco mais sobre 5 deles:

Energia_solar

O que influencia na variação de valores

  1. consumo de energia elétrica

Independente de qual seja seu imóvel (casa, indústria, empresa, agronegócio) ou do porte (grande, pequeno) a função do sistema solar é ter a capacidade de prover toda a demanda de energia. Logo, quanto maior a necessidade de energia do imóvel, maior se fazem as dimensões do sistema para que dê conta de suprir essa demanda.

O cálculo para quantificar o número de painéis solares deve ser feito corretamente, pois influencia diretamente no objetivo final. Ou seja, a suficiência da potência atingida por esse sistema, depende da apuração da quantidade de placas e dos outros componentes necessários para a instalação e posterior funcionamento. Outra implicância do tamanha do sistema é a quantidade de instaladores necessários para realizar o trabalho.

  1. radiação solar 

Como sabemos, os painéis solares precisam da incidência direta dos raios do sol para converter a luz em energia elétrica. No nosso país, o sol é considerado a fonte energética mais abundante. Mas a quantidade de luz solar não é igual em todo o país.

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) elabora o Atlas Brasileiro de Energia Solar. E, de acordo com os dados apresentados, as regiões com maior capacidade produzir energia tomando a luz do sol como fonte são: em primeiro lugar, Nordeste; seguida pela Centro-Oeste; logo depois Sudeste; seguidamente por Norte e, por último, a região Sul.

Mas o que isso significa? Significa que a quantidade de energia gerada pelo período de um ano por um painel de energia solar do mesmo tamanho, mas instalado em regiões distintas, terá valores distintos.

  1. Inclinação e direção do telhado

Outro agravante que influencia na quantidade de incidência da luz solar que chega no painel é a inclinação e direção do telhado. Quando o imóvel não tem as características ideias para instalação, é necessário que sejam estruturados suportes corretivos. E isso pode ter impacto no preço final de instalação do sistema.

  1. Sombra

Tem que ser levado em consideração o sombreamento que pode ocorrer sobre o painel na hora do orçamento do projeto. Pois pode haver árvores, prédios, postes ou outros elementos que influenciem para a adequação do seu projeto em específico.

  1. Estruturação do telhado e os tipos de telhas

Por último, a depender do tipo de telha que compõe seu telhado, você também terá diferenças nos valores de instalação. Isso porque cada tipo exige um modelo específico de suporte para o painel solar e, consequentemente, os materiais necessários para sua fixação.

Veja a seguir: Como Aproveitar a Energia Solar – Comece a Economizar.

Média de preços

Tomando como base o valor médio de watt-pico (Wp), podemos estipular aproximadamente os valores para sistemas, sejam eles de porte pequeno, de médio ou mesmo de porte grande. Para que isso seja possível tomamos como parâmetro os valores apontados pela Greener. Tais valores decorrem de estudos estratégicos relacionados ao comércio fotovoltaico realizados pela empresa nos meses finais do ano 2019.

No caso dos projetos residenciais, a partir de R$12.120,00 é possível instalar um sistema de energia solar. Este valor seria suficiente para uma casa pequena. O preço de instalação numa residência de porte médio é R$19.360,00. Já, numa casa de porte grande, o preço chega a R$34.400,00. 

Para projetos comerciais, apuramos preços que se aproximam a R$49.320,00 e chegam a R$110.110,00. Já para os projetos industriais, calculamos projetos de energia solar de R$181.000,00 a R$256.500,00. Vale lembrar que, como já vimos, não é apenas o gasto energético ou o tamanho do empreendimento que têm influência nesses valores. Esses cálculos servem apenas para apresentar uma noção dos preços atualmente.

Vantagens

As vantagens para instalação do sistema solar de energia elétrica são muitas. Vamos citar algumas a fim de apresentar mais argumentos para que você estude efetivamente essa possibilidade na sua residência, comércio ou empresa.

Apesar do fato de que os painéis tenham exposição direta à chuva ou ao sol, eles são muito resistentes. Os módulos fotovoltaicos têm vida útil padrão de no mínimo 25 anos. É verdade que eles perdem eficiência no decorrer desses anos, mas grande parte dos fabricantes garantem 80% da capacidade de transformação energética inicial dentro deste prazo.

A vida útil do inversor fotovoltaico é de pelo menos 15 anos. Mas se as manutenções forem realizadas corretamente, como recomendado pelos fabricantes, sua durabilidade é prolongável.

Esses sistemas de energia solar, ao contrário do que parece, exigem pouca manutenção. A mais necessária se refere à limpeza das placas. E ainda assim, só é necessária quando estão muito sujas. Mas é raro acontecer, pois são constituídas de película antiaderente, a fim de prevenir acúmulo de impurezas.

Por último, mas não menos importantes, apontamos a valorização do imóvel e a economia na conta de energia. Na Califórnia, um estudo recente realizado no comercio imobiliária determina que os consumidores pagam mais se a casa tem sistema de energia solar. Já na conta de energia, a economia pode chegar a 95% do preço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *