Como economizar na conta de luz: A Economia que todos querem

economizar_na_conta_de_luz

Saiba agora Como economizar na conta de luz, e o do porque ser tão importante para você e para o planeta

É unânime o desejo de economizar, nem que seja um pouquinho, na conta de luz, principalmente, quando estamos no inverno e é agregada uma tarifa adicional para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos, a tal bandeira amarela e/ou vermelha. Mas você sabia que pequenas mudanças de hábito podem trazer economias significativas no fechamento da sua conta de luz?

Além disso, usando a energia de maneira consciente, também colaboramos com a diminuição dos impactos ambientais. Contribuindo para a preservação do meio ambiente e, assim, garantindo um futuro sustentável para as próximas gerações e assegurando o nosso bem-estar e de todos os seres vivos. Primeiro, vamos entender por qual razão nossa conta fica mais cara em algumas épocas.

Confira também – Como Aproveitar a Energia Solar – Saiba Agora Mesmo

economizar_na_conta_de_luz

Por que pagamos mais caro pela energia em alguns períodos do ano?

De forma bem simplificada, para que possamos compreender com mais facilidade, o que acontece é que tipos (cores) de bandeiras são acionados. Isso não quer dizer que o valor da energia mudou, mas sim que, por um período, em função de alguns aspectos que veremos a seguir, serão incluídas tarifas adicionais ao seu consumo. Nessas tarifas estão incluídos impostos, lucro das empresas, acréscimo ao custo de produção de energia etc.

Atualmente, a maior parte do fornecimento de energia elétrica no Brasil vem das hidrelétricas, que usam a força da água girando turbinas, que, por sua vez, acionam os geradores e, estes, realizam a transformação da energia mecânica em energia elétrica. Como apontado por Reive Barros, secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, 63,8% da energia elétrica consumida no Brasil é resultante das usinas hidrelétricas.

Sabendo disso, é compreensível que os reservatórios de água que são utilizados para geração de energia passem por uma redução na sua capacidade de armazenamento nos períodos do ano em que há menos chuvas. Quando isso acontece, as usinas termelétricas são acionadas para gerar energia e suprir a necessidade de abastecimento energético.

As termelétricas não utilizam a água (recurso sem custo) como fonte fornecedora de energia; esses tipos de usina utilizam carvão, óleo diesel ou gás, que, além de poluírem muito o meio ambiente, têm um custo de produção de energia elétrica mais alto que o custo empregado no processo das hidrelétricas. A utilização do diesel é o processo que gera o custo mais alto de produção de eletricidade.

De acordo com a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), existem três cores de bandeiras: a Verde, que significa que nenhum custo adicional será repassado ao consumidor, visto as condições favoráveis de geração de energia; a Amarela, que indica acréscimo de R$ 0,010 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos; e a Vermelha, que é dividida em dois patamares e indica o acréscimo de tarifas mais altas. No patamar 1, serão acrescidos R$ 0,030 para cada quilowatt-hora kWh consumido. Já no patamar 2, são acrescidos R$ 0,050.

Por que é importante economizar na conta de luz?

A redução orçamentária pode chegar a números notáveis se introduzimos pequenas mudanças nos nossos hábitos, como uma simples troca de lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescentes ou de LED. Outro ponto importante a ser ressaltado é a necessidade cada vez maior de pensar nos impactos ambientais que nossas atitudes geram. O consumo consciente é essencial para o desenvolvimento sustentável e evita gastos desnecessários que demandam mais energia e podem desencadear crises energéticas.

O que mais gasta energia em uma residência?

Segundo a ANATEL, o Chuveiro Elétrico é o aparelho que mais consome energia em uma residência, representa de 25% a 35% do valor da sua conta. A Geladeira representa consumo de 25% a 30%. A Iluminação representa de 15% a 25% do valor da conta. O Ar-condiciona​do pode representar até 15%. E o Televisor (permanecendo ligado por uma média de 5h a 6h por dia) é responsável por 6% da sua conta.

O que fazer para pagar mais barato nas próximas contas de luz?

Reunimos algumas informações para ajudar você a economizar na hora de pagar sua conta de luz. O primeiro passo é estar disposto a incluir pequenas modificações na rotina até que se tornem hábitos. O segundo passo é ter em conta quais os eletrodomésticos que mais gastam energia dentro da sua residência para, a partir dessa informação, determinar a maneira ou tempo de uso realmente necessários de acordo com suas necessidades.

Começamos com o grande consumidor de energia: o chuveiro elétrico. Nos dias não tão frios, é indicado que o chuveiro seja colocado na posição Verão. Desse modo, o consumo será cerca de 30% menor. Outra dica é deixar o chuveiro ligado apenas nos momentos realmente necessários durante o banho. E sempre se lembre: banhos demorados custam muito caro.

Para diminuir os gastos com a geladeira, é essencial que esteja instalada em local ventilado; que não esteja encostada em paredes ou móveis; que não esteja exposta a raios solares e fontes de calor como fogões e estufas. Em hipótese alguma a parte traseira da geladeira deve ser usada para secar roupas, toalhas ou calçados. E não se esqueça de manter as borrachas de vedação da porta em bom estado.

Em relação às lâmpadas, é importante evitar acendê-las durante o dia, se for possível organize sua agenda de modo que possibilite o aproveitamento da luz natural. Abrindo as janelas, cortinas, persianas a luz do dia ilumina sua casa e promove a renovação do ar. Sempre apague as lâmpadas dos ambientes desocupados. E prefira lâmpadas de LED ou fluorescentes, pois elas iluminam melhor, duram mais e consomem menos energia.

O uso consciente do ar-condicionado começa no momento da instalação, escolha um local com boa circulação de ar. Lembre-se de manter as portas e janelas fechadas a fim de evitar a entrada de ar do ambiente externo. Mantenha em dia a limpeza dos filtros, pois a sujeira impede a livre circulação do ar e força o aparelho a trabalhar mais. E, claro, mantenha o ar-condicionado sempre desligado quando você estiver fora do ambiente por muito tempo.

Por fim, o televisor. A média de sua potência é de 150 watts, entretanto, os modelos mais antigos alcançam valores bem maiores. Por isso, é importante pensar em investir num aparelho moderno para benefícios a médio e longo prazo. Mas, independentemente, do tipo de aparelho que você possui, estas dicas vão ajudar a economizar energia: lembre-se de desligar a TV quando ninguém estiver assistindo. E para que não fique ligada enquanto dorme, use a função timer ou sleep de desligamento automático.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *